Desistir ou Persistir?


foto em preto e branco, homem sentado ao chão com a mão no rosto, como se estivesse triste. a imagem traz escrita a frase de Pedro Malaca: Desistir não faz parte da estratégia de vencer!

Conheço inúmeros exemplos de pessoas que Desistem. Umas desistem quando fazem uma dieta, outras desistem de falar com uma pessoa sobre um assunto que as incomoda, outras desistem de fazer aquilo que acreditam que é importante para alcançar uma meta profissional, como expor uma ideia, ou fazer algo de uma forma diferente, ou mudar de emprego ou mesmo de modo de vida.


Eu próprio já vivi “esse filme” vezes sem conta. Também já deixei que o “Desistir” fosse mais forte que o “Persistir”. Também já senti o que todos sentem quando se desiste de algo. Uma sensação de frustração, incapacidade, falta de energia para lidar com os próximos desafios.


Uma coisa é certa, nunca me senti bem com a sensação de Desistência, pelo contrário, passei a viver, como todos, uma sensação de falta de confiança.


No entanto, percebi a dada altura da minha vida que o Desistir ou o Persistir é apenas uma escolha interna, que vem de dentro de cada um de nós. Afinal de contas quem toma a decisão de avançar ou recuar? Quem vai viver com o sentimento de Frustração ou de Sucesso?


“Só há um sitio onde o sucesso vem antes do trabalho. Esse sitio é no dicionário!”


Esta citação é uma das muitas que me fazem lembrar a escolha que tenho que fazer quando acho que já não vale a pena lutar mais, pois ela ajuda-me a perceber que realmente o cansaço e a falta de momentos de reflexão para encontrar um novo caminho na direção daquilo que quero alcançar, são duas das muitas desculpas onde nos refugiamos para encontrar uma via de fugir à nossa responsabilidade em alcançar algo em que acreditamos e queremos para nós próprios.


Desistir, foi, é e será sempre a via mais fácil para aqueles que não estão comprometidos com aquilo que querem ter nas suas mãos.


Persistir dá mais “trabalho” e nem todos querem trabalhar! Quem está disposto a fazer tudo para alcançar algo, normalmente corre o risco de o alcançar mesmo.


As pessoas que alcançam o sucesso mais vezes são pessoas que em vez de verem problemas, vêem desafios. Conseguem ver uma barreira para saltarem em vez de muros intransponíveis. São aquelas que ao serem confrontadas com uma dificuldade perguntam a si próprias “como vou ultrapassar isto?” em vez de “Pronto, já fui!”. São aquelas que quando não sabem como fazer, perguntam “quem me pode ajudar?” ou “quem eu conheço que já passou por isto? Em vez de pensar “Agora não vou conseguir! “ou “não sei fazer isto!”


Uma das grandes aprendizagens que tive na vida foi decidir ver sempre desafios em qualquer situação. Isso não quer dizer que consiga resolver todas as dificuldades, mas sim ultrapassar mais barreiras. Isso também não quer dizer que basta ultrapassar uma barreira, temos sim que as ultrapassar todas, partindo sempre do principio que as maiores ainda não apareceram.


Assumir a vida como um desafio constante, é o primeiro passo para o crescimento pessoal. Para nos sentirmos realizados por alcançar mais uma pequena ou grande conquista todos os dias. Não existe nenhum ser humano que não se sinta bem quando acaba de fazer uma tarefa nova ou de forma diferente na sua vida.


Esta decisão contribui hoje em dia para me sentir cada vez mais forte, com uma motivação poderosa que me ajuda a ter energia para encarar novos desafios. Essa energia tem-me ajudado a ser mais eu próprio e conseguir estar a 100% quando faço qualquer coisa. Hoje consigo realizar muito mais conquistas do que “ontem” e isso faz de mim também uma pessoa mais bem preparada para um mundo que muda a cada segundo.


Se o mundo muda em cada segundo e nós não estamos preparados para mudar também, o mundo vai-nos parecer injusto.


Os Desistentes normalmente dizem:


“Isso é impossível!”

“Ninguém consegue fazer isso!”

“A culpa não é minha!”

“hoje não consigo!”


Em relação aos mesmos temas, os Persistentes dizem:


“Como posso fazer isso?”

“Quem já fez? Como fez?”

“Eu sinto que não tenho capacidade. Pode ajudar-me?”

“Consigo amanhã pelas x horas”


Quer Sentir-se desafiado pela vida ou prefere lamentar-se por aquilo que não consegue?


Não estou a dizer que deve encarar a vida de uma forma ou de outra, o que apenas quero dizer a todos os que lerem estas palavras é que a vida é de cada um e as escolhas também. O que me parece importante dizer é que temos que viver bem com as escolhas que fazemos.


Se mudar a forma como vê, mudará a forma como actua!


Quer vêr Problemas ou Desafios?


O que vai escolher, Desistir ou Persistir?


Seja feliz, se faz favor! ☺


Forte abraço


Pedro Malaca

2 visualizações0 comentário