Delegar uma Tarefa ou Entregar uma “Bomba relógio”?


foto com boneco de cera de Albert Einstein com uma lousa ao fundo, que traz a frase: Tu nunca falhas até parares de tentar.

Como Delegar Tarefas Realizáveis e não Delegar "Bombas"?

Na arte de liderar são muitas as recomendações que diariamente vou partilhando com vários líderes com o objetivo de melhorar os impactos positivos que tanto “lutam” por conseguir alcançar junto dos seus colaboradores.


A delegação de tarefas é, naturalmente uma atividade regular para todos os líderes e também para aqueles que não sendo líderes por vezes também vão delegando esta ou aquela tarefa.


Antes de qualquer comentário em relação a tão delicado assunto, será bom relembrar o que é isto de delegar tarefas.


Com nos diz Paulo Nunes (professor, economista e consultor) A delegação representa a transferência de determinado nível de autoridade de um superior para um subordinado ou conjunto de subordinados. Saber delegar com eficácia significa dar a tarefa certa à pessoa certa, concedendo-lhe o grau certo de liberdade, para que o trabalho se desenvolva de forma mais eficiente e produtiva.


Saber delegar permite ao superior e a toda a sua equipa darem o seu melhor e aperfeiçoarem-se progressivamente, de modo a poder enfrentar novos desafios. Com uma fraca capacidade de delegação, a equipa fica constantemente ocupada a “apagar fogos” e perde tempo precioso.


Vantagens da Delegação:


- Rentabilização do tempo do gestor

- Maior rapidez nas ações e na tomada de decisões

- Permite o treino e desenvolvimento pessoal

- Aumenta o nível de motivação

- Conduz a melhores decisões e maior qualidade do trabalho

- Permite desempenhar tarefas mais complexas

Desvantagens da Delegação:

- Probabilidade de perda de controlo

- Pode ser desastrosa se a pessoa ou equipa a quem se delega não tiver capacidades suficientes


Aqui ficam algumas sugestões para que possa delegar com maior eficácia, pois caso não as aplique poderá estar a entregar uma “bomba relógio” que irá “rebentar” nas mãos de quem aceitou a tarefa e mais tarde também irá “rebentar” nas suas, porque afinal de contas a responsabilidade de uma tarefa bem desempenhada é maioritariamente de quem a entrega e não de quem a recebe, ao contrário do que a maioria dos líderes acredita.

Acredito também que este facto só é uma verdade quando o líder não assume a sua incompetência natural em relação a este assunto ou a qualquer outro onde ainda não consiga obter os resultados que pretende.



quadro amarelo com um pequeno boneco desenhado em preto, que diz: let's change, you go first. abaixo, os dizeres: nothing changes until you do.

12 Sugestões para aumentar o controlo das tarefas delegadas


  • Explique o porquê e a importância da tarefa

  • Explique todo o contexto actual   

  • Seja claro no prazo e defina “timings”

  • Certifique-se que não existem dúvidas

  • Envolva o colaborador com motivação para a tarefa

  • Se a tarefa for complexa, divida em partes com diferentes “timings” de controlo

  • Defina prazos de segurança

  • Entregue a tarefa e confie a 100% em quem a delegar

  • Controle apenas nos “timings” em que disse que ia controlar, caso contrário pode retirar a motivação e a confiança que o colaborador vai investir na mesma

  • Deixe claro que estará disponível para apoiar e retirar alguma dúvida que possa surgir, se necessário partilhe a sua  disponibilidade para o efeito mas lembre-se que se necessitarem de si é fundamental que preste apoio e que indique onde o poderá obter.

  • Se o colaborador tiver necessidade de interagir com terceiros, é fundamental informar os mesmos que o seu colaborador tem plenos poderes para desempenhar a tarefa a 100% e que o devem ajudar

  • Lembre-se que ao delegar a tarefa, não quer dizer que a responsabilidade deixou de ser sua.


uma mão segurando uma caneta, alusiva a um cliente preenchendo uma pesquisa de satisfação, onde há três possibilidades. um rosto triste, um sem expressão e um feliz. o cliente assinala o rosto feliz com a caneta.

6 Sugestões para entregar à pessoa certa


  • Certifique-se que a pessoa tem conhecimentos suficientes para realizar a tarefa corretamente

  • Certifique-se que entrega a tarefa a alguém que tenha historial no cumprimento de prazos

  • O colaborador deve sentir motivação e realização por novos desafios

  • Deve ter Perseverança

  • Deve ser Proactivo

  • Deve ter tido algum sucesso em situações anteriores


Espero sinceramente que com estas sugestões venha a aumentar a realização bem sucedida das tarefas que vai delegando, ajudando a controlar, confiar e aumentar a realização das pessoas que lidera e principalmente a sua.


Seja feliz, sff :-)

Pedro Malaca

1 visualização0 comentário